Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Arrecadação cai 4% em maio, pior resultado para o mês em 5 anos

.

SOFIA FERNANDES
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Mesmo com o aumento de alguns tributos determinado pelo governo neste ano, as receitas federais com impostos e contribuições caíram 4% em maio na comparação com o mesmo período do ano passado, somando R$ 91,5 bilhões.
Segundo informou a Receita Federal nesta quinta-feira (25), esse é o pior resultado para o mês desde 2010. De janeiro a maio, a arrecadação foi de R$ 510,1 bilhões, resultado quase 3% menor do que o registrado em igual período do ano passado.
Trata-se do segundo mês consecutivo de queda no recolhimento de tributos, sobretudo nos que incidem sobre lucro das empresas, que estão produzindo e comercializando a um ritmo menor.
O recolhimento de imposto de renda da pessoa jurídica recuou R$ 1,7 bilhão ante maio do ano passado. A CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) caiu R$ 840 milhões. No acumulado do ano, a queda na arrecadação desses dois tributos, que têm como base o faturamento das empresas, soma mais de R$ 7 bilhões.
Em volume, os setores que tiveram maior baque na arrecadação desses tributos foram o de eletricidade, comércio atacadista e de telecomunicações.
Outros impostos que apresentaram queda expressiva, de R$ 3,1 bilhões de janeiro a maio, foram PIS e Cofins.
DESONERAÇÕES
Neste ano, o governo já deixou de arrecadar R$ 47,1 bilhões em impostos com sua política de desonerações, valor 18% maior que a renúncia fiscal desse mesmo período no ano passado.
O governo tem tentado pisar o freio nessa política, mas encontrou resistência do Congresso, que só ontem aprovou o projeto de lei que reduz a desoneração da folha de salários.
Até maio, apenas com desoneração da folha, o governo abriu mão de R$ 9,3 bilhões. A receita previdenciária caiu R$ 4,5 bilhões.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber