Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

Cade pede explicação a Abilio sobre participação no Carrefour

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) pediu informações ao empresário Abilio Diniz, presidente do conselho da BRF, sobre a compra de participação na filial brasileira do Carrefour. O objetivo é saber se a operação representa um ato de concentração que deveria ter sido notificado ao conselho.
Normalmente, os atos de concentração que devem ser notificados ao Cade envolvem participação acima de 20% no caso de fusão de empresas concorrentes ou na relação entre fornecedores. O empresário adquiriu em dezembro uma fatia de 10% do Carrefour Brasil, que foi elevada apenas neste mês para 12%, conforme estava previsto em contrato. Na BRF, Abilio tem menos de 3% de participação acionária.
O conselho também quer saber sobre o contrato de locação de 60 imóveis do empresário ao grupo Pão de Açúcar, concorrente do Carrefour. Os contratos de locação comerciais costumam envolver um percentual do faturamento da loja o que, em tese, poderia fazer o empresário ter informações relevantes do ponto de vista concorrencial sobre o desempenho de vendas da empresa rival.
Segundo o Cade, o pedido de informação decorre de uma uma representação do Ibedec (Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo) questionando o caso. "A fim de apurar as informações trazidas pelo Ibedec, a superintendência abriu procedimento para verificar se a operação configura-se um ato de concentração que deva ser notificado ao Cade", disse.
Além da participação na subsidiária brasileira, Abilio Diniz também atingiu em abril uma fatia de 5,07% da varejista francesa. A operação colocou Abilio no posto do quarto maior acionista individual do Carrefour, após a família Moulin, dona das Galerias Lafayette (9,5%); Bernard Arnault, dono da Louis Vuitton Moët Hennessy (9%); e o fundo de investimento Colony Capital (5,63%).
Procurado, o empresário afirmou, por nota, que está prestando os esclarecimentos pedidos pelo Cade. "Abilio Diniz esclarece que está colaborando com o Cade em processo de averiguação de informações sobre sua participação acionária nas empresas BRF e Carrefour", afirmou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber