Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Selfie e Elvis podem virar emojis para smartphones

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma mão tirando uma selfie e um homem dançando com roupas dos anos 1950 podem estar no seu celular em um futuro próximo.
O consórcio Unicode, que cria padrões para caracteres que serão exibidos em diferentes aparelhos e plataformas, recomendou que 38 novas figuras sejam incluídas na lista de emojis registrados. Entre eles estão a imagem de um bacon, uma carinha de Pinóquio e um símbolo de acordo.
A organização considerou as sugestões mais populares de internautas para "preencher lacunas no conjunto de emojis que já existem".
Depois disso, empresas como Apple, Microsoft e Google -que não podem inventar emojis arbitrariamente- poderão interpretar cada um deles à sua maneira.
O problema é que muitas vezes essas interpretações acabam criando controvérsias entre os usuários. Recentemente a empresa propôs mudanças em alguns ícones que estavam gerando confusões.
Sabe aquela "carinha amarela" derrubando uma lágrima que você usa para dizer que está triste ou doente? Na verdade ela foi criada para falar que você está com sono.
O relatório sugere que se retire essa "bolha que sai do nariz", porque ela foi criada especificamente para a cultura japonesa dos animes e mangás, em que a gota tem esse significado.
RANKING
Em abril, o SwiftKey, aplicativo de teclado para Android e iPhone, analisou mais de 1 bilhão de emojis enviados no mundo e fez um ranking de como diferentes nacionalidades usam os caracteres.
Os brasileiros foram campeões nas figuras religiosas. Usamos ícones parecidos com aquelas "mãos rezando" o dobro de vezes do que outros latino-americanos.
Os emojis de corações ficaram com os francófonos -única língua em que a "carinha feliz" não é a mais utilizada- e as imagens de plantas, com os árabes. Já a Austrália é descrita na pesquisa como "a terra dos vícios e indulgências", liderando nos ícones de álcool e drogas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber