Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Levy e diretora do FMI se encontram para tratar de perspectivas da economia

.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A diretora-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Christine Lagarde, esteve reunida com o ministro Joaquim Levy (Fazenda) por meia hora, no gabinete do ministro em Brasília, na tarde desta quinta-feira (21).
Ao fim do encontro, Lagarde afirmou que foi uma reunião curta, em que discutiram as perspectivas para a economia global e brasileira, e que seguiria então para encontro com a presidente Dilma Rousseff.
Levy saiu em seguida e, questionado sobre a indicação de recessão da economia brasileira feita nesta quinta (21) pelo Banco Central, disse que o número mostra a "velocidade da economia".
Indicador de atividade do Banco Central (IBC-BR) divulgado esta quinta (21) mostra que, no primeiro trimestre de 2015, a queda na atividade econômica foi de 0,81% em relação aos três últimos meses de 2014.
Nos três últimos meses do ano passado, o BC havia apurado recuo de 0,21% na atividade.
O último relatório do FMI com menção ao Brasil avalia que a economia do país vai retrair esse ano, mas considera positivo o ajuste fiscal promovido pela equipe de Levy.
O documento sugere que mais medidas sejam tomadas para recomposição das contas e cumprimento da meta fiscal de poupar R$ 66,3 bilhões.
RIO
Lagarde volta ainda nesta quinta-feira (21) para o Rio de Janeiro, onde continua sua agenda de caráter econômico e social.
Na manhã desta quinta-feira, ela esteve na comunidade do Alemão, subúrbio do Rio.
O objetivo da visita, segundo o FMI, é conhecer mais de perto como funcionam os programas de ajuda social do governo.
Nesta sexta-feira (22), Lagarde participará do 17º Seminário de Metas de Inflação do Banco Central, no Rio.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber