Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

Mercedes-Benz corta 500 funcionários e expande programa de demissão

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Mercedes-Benz informou nesta sexta-feira (17) que irá dispensar 500 funcionários da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) no dia 4 de maio. Os trabalhadores eram parte do grupo de 750 pessoas que estavam em "lay-off" desde o ano passado.
A empresa oferece os benefícios do PDV (Programa de Demissão Voluntária), que será expandido até o dia 27 de abril e inclui o valor fixo de R$ 33 mil para cada trabalhador.
Em resposta, o Sindicatos dos Metalúrgicos do ABC irá se reunir com os funcionários da fábrica para decidir quais medidas podem tomar para evitar as demissões. O início de uma greve também será discutido.
Por nota, a Mercedes informa que o principal motivo para as novas medidas é o impacto da queda de vendas de veículos nos mercados interno e externo. Além disso, a empresa cita um "novo excedente de 1200 funcionários para gerenciar na fábrica".
"Diante de um cenário de ociosidade produtiva superior a 40% na fábrica de São Bernardo, a Mercedes-Benz precisa adotar novas medidas e soluções mais definitivas para continuar a gerenciar o excedente de pessoas na fábrica", afirma o comunicado divulgado para a imprensa.
MEDIDAS ANTIGAS
Desde o dia 6 de março, a Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, trabalha com jornada de quatro dias e deve estender a medida na linha de caminhões por um período mais longo.
No dia 19 de março, a empresa abriu o PDV (Programa de Demissão Voluntária) para os trabalhadores da fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. No fim do ano passado, a Mercedes abriu um PDV que teve adesão de 100 funcionários e demitiu outros 160.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber