Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Inflação medida pelo IGP-DI recua para 0,53% em fevereiro

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A inflação medida pelo IGP-DI (Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna) ficou em 0,53% em fevereiro, taxa inferior à do mês anterior, de 0,67%, e à de fevereiro do ano passado, que ficou em 0,85%. Segundo dados da FGV (Fundação Getulio Vargas), em 12 meses, o indicador acumula inflação de 3,74%. As informações são da Agência Brasil.
O IGP-DI mede o comportamento de preços em geral da economia. É a média aritmética dos índices de Preços no Atacado (IPA), que mede a variação de preços no mercado atacadista; de Preços ao Consumidor (IPC), que avalia preços entre as famílias que têm renda de 1 a 33 salários mínimos nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro; e Índice Nacional da Construção Civil (INCC), que mede a variação de preços no setor da construção civil, considerando tanto materiais quanto a mão de obra empregada no setor. Disponibilidade interna engloba as variações de preços que afetam diretamente as atividades econômicas localizadas no território brasileiro. Não não consideradas as variações de preços dos produtos exportados.
A queda do IGP-DI em janeiro e fevereiro foi puxada pelo varejo e pelo custo da construção. A inflação do subíndice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, caiu de 1,73% em janeiro para 0,97% em fevereiro. O subíndice de Custo da Construção recuou de 0,92% para 0,31% no período.
Por outro lado, os preços no atacado tiveram, em fevereiro, aumento maior do que no mês anterior. A inflação do subíndice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, subiu de 0,23% em janeiro para 0,41% em fevereiro.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber