Mais lidas
Economia

Confiança do empresário industrial acumula queda de 12,2 pontos em um ano

.

SÃO PAULO, SP - A CNI (Confederação Nacional da Indústria) divulgou nesta segunda (23) índice segundo o qual a falta de confiança do empresário industrial tornou-se maior e mais disseminada em fevereiro deste ano. O ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial) recuou 4,2 pontos -para 40,2 pontos, atingindo novo piso histórico da série iniciada em janeiro de 1999. O índice acumula queda de 12,2 pontos nos últimos 12 meses. As informações são da Agência Brasil.
A CNI informou que o índice referente a condições atuais caiu 3,5 pontos em fevereiro, na comparação com o mês anterior, ficando em 32,2 pontos. O índice, que é também o menor da série histórica, revela percepção difundida entre os empresários do setor de piora nas condições atuais nos últimos seis meses. O índice acumula queda de 12 pontos desde fevereiro de 2014.
Já as informações sobre o Índice de Expectativas mostraram, com 44,1 pontos, queda de 4,6 pontos em fevereiro, após relativa estabilidade nos meses anteriores. De acordo com a CNI, com a queda, o índice afasta-se da linha de 50 pontos e revela grande pessimismo para os próximos seis meses. O Índice de Expectativas varia no intervalo de 0 a 100, e valores acima de 50 indicam expectativa otimista.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber