Mais lidas
Economia

Audiência em ação contra Petrobras nos EUA é marcada para dia 20

.

RIO DE JANEIRO, RJ - A Petrobras informou que, no próximo dia 20 de fevereiro, será realizada a primeira audiência nos Estados Unidos relacionada às ações dos investidores que pedem ressarcimento pelas perdas com corrupção.
Nessa audiência, o juiz Jed Rakoff, da Corte de Nova York, vai eleger o investidor líder dentre os cinco que entraram com "class actions" (ações), desde dezembro.
O escritório desse investidor líder vai ser responsável por defender os interesses de todos os acionistas. Em geral, a escolha recai sobre o investidor com maiores perdas.
Uma semana depois, sem audiência, o investidor líder deverá apresentar a petição única, consolidando as reclamações.
A Petrobras afirma ter contratado escritório americano "especializado" e que "irá defender-se firmemente em relação às alegações feitas nessas ações".
As ações foram propostas em nome de investidores titulares das ADRs (American Depositary Receipt, títulos que representam ações de emissores estrangeiros) da companhia, negociadas na Bolsa de Nova York. Uma dessas também tem entre os reclamantes portadores de títulos emitidos entre 2012 e 2014.
Segundo um dos escritórios ouvidos pela Folha no início deste mês, os reclamantes são "centenas de acionistas individuais, fundos, assets e family offices."
O processo vai contemplar todos os investidores, independentemente de terem aderido à ação.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber