Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Fundos abutres sofrem revés e podem ficar isolados contra Argentina

.

BUENOS AIRES, ARGENTINA - Uma decisão da Justiça britânica poderá afetar a estratégia dos chamados fundos "abutres" de pressionar o governo da Argentina.

Nesta sexta (13), o juiz inglês Guy Newery afirmou que credores europeus não podem se submeter ao congelamento do pagamento imposto pela Justiça americana em junho do ano passado.

Em junho de 2014, a Justiça americana decidiu interromper o pagamento de toda a dívida argentina no exterior até que o país pague os chamados fundos "abutres". Isso levou a Argentina a um calote técnico.

Os abutres ganharam na Justiça o direito de receber US$ 1,3 bilhão da Argentina. Esses são credores que não aceitaram renegociar uma diminuição do valor devido quando o país reestruturou sua dívida, após a crise e o calote de 2001.

Mas a Argentina se recusa a pagar, alegando que a maioria dos credores aceitou a redução do valor devido. 

A decisão da Justiça britânica poderá descongelar o pagamento aos demais credores (92% do total), o que pode isolar os "abutres" na cobrança da dívida argentina.

Segundo a Bloomberg, o pedido à Justiça britânica foi feita por grandes investidores, como os fundos do megainvestidor George Soros e o Perry Capital. Eles querem receber 226 milhões de euros que estão congelados pela Justiça americana.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber