Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Ator de 'Beakman' mistura comédia e ciência na Campus Party

.

SÃO PAULO, SP - Os 'campuseiros' se amontoaram ao redor do palco principal da Campus Party 2015 para ver a apresentação de Paul Zaloom, ator do programa "O Mundo de Beakman", na tarde desta quinta-feira (5).

O programa de TV educativo, voltado para o público infantil, foi sucesso mundial nos anos 1990. 

Na apresentação mais lotada da feira até agora, Zaloom realizou uma série de experimentos com voluntários da plateia, aproveitando as deixas para encaixar uma piada aqui e ali. 

"O que você faz da vida?", perguntou para um dos convidados. "Estuda? Nossa, parece um bom trabalho", disse, arrancando risadas do público. 

Vestido com seu tradicional jaleco verde, o cientista de cabelo maluco (uma peruca, na verdade) fez um "quiz" com várias perguntas sobre morcegos para os voluntários. Após as respostas de "verdadeiro" ou "falso", ele explicava a resposta correta. 

"É verdade. A saliva do morcego-vampiro está sendo testada para o tratamento de doenças vasculares", ensinou Beakman, mantendo-se fiel ao histórico personagem. 

Os experimentos com os voluntários continuaram, com lições sobre centro de gravidade ou, por exemplo, como os aviões se mantêm no ar. 

Nas piadas, sobrou até para um recurso altamente escasso em São Paulo atualmente. "Aqui tem um pouco de água que eu peguei de um certo rio de São Paulo", disse o artista, colocando uma carta na boca do copo e virando-o de ponta cabeça para explicar o princípio da pressão atmosférica. 


SEM FANTASIA 

Após uma pequena pausa, o ator voltou sem a característica fantasia de Beakman. 

"Olá, eu sou Paul Zaloom", disse, apresentando-se para o público e saindo do personagem. 

Nos minutos finais, Zaloom contou alguns bastidores do show -como tudo começou, quem o convidou e como foi escolhido, entre outros pontos.

"Na audição para o papel, eu me confundi todo e tive que improvisar. Quando fiz isso, acabaram me contratando", recordou o ator. 

Segundo ele, o programa nasceu de uma determinação do Congresso dos EUA para a instauração de shows educativos nos canais de TVs. 

Antes de encerrar a apresentação, o ator mostrou um vídeo com cenas de erros de gravação e outros bastidores do programa, para a alegria dos fãs mais nostálgicos. 

Ao deixar o palco, deixou uma mensagem para os brasileiros: "Eu amo o Brasil, vocês são 'o cara'".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber