Mais lidas
Economia

​Gasolina e diesel ficam R$ 0,20 mais caros para os consumidores do PR

.

Foto: arquivo
Foto: arquivo

Quem precisou abastecer o tanque de combustível do carro já pagou mais caro pelo produto nesta segunda-feira (2), quando os postos de combustíveis repassaram para o consumidor a alta dos impostos. Em Londrina, no norte do Paraná, revendedoras que ainda não tinham reajustado o valor tiveram filas de veículos.

Mas, a maioria não segurou o aumento e os consumidores já sentem no bolso a mudança. Na cidade, o litro do diesel é vendido por R$ 2,80 e a gasolina, que teve aumento de aproximadamente R$ 0,20, é revendida por R$ 3,30.

Em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, o motorista que antes pagava R$ 3,07 pelo litro da gasolina, nesta segunda precisou desembolsar R$ 3,26. No entanto, alguns postos a diferença é ainda maior, o combustível é vendido a R$ 3,37.

Já em Curitiba, muitos postos reajustaram os valores no sábado (31). Alguns postos vendiam o litro da gasolina a R$ 3,09. Porém, nesta segunda, houve novos aumentos, e o consumidor da capital que precisou abastecer teve que desembolsar o mesmo valor praticado no interior do estado. “Isso não é justo. Se a situação econômica do país não estivesse ruim, o aumento não precisaria acontecer”, lamenta um consumidor.

O Governo Federal reajustou as alíquotas do PINs e da Cofins em cima do litro da gasolina e do diesel, que aumentaram em média R$ 0,22 e R$ 0,15.

E mesmo sem ser influenciado por esses dois impostos, o etanol também foi reajustado. Em Londrina, por exemplo, o litro é vendido a R$ 2,30. Segundo donos de postos da cidade, neste caso, a culpa é das distribuidoras e usinas que decidiram reajustar o preço do produto.

Confira matéria completa AQUI

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber