Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Microsoft apresenta Surface Hub, novidades para Xbox e óculos de realidade virtual

.

SÃO PAULO, SP - A Microsoft apresentou durante sua conferência sobre o Windows 10 um aparelho com uma gigantesca tela de 84 polegadas, sensível ao toque e com resolução 4K (superior ao padrão atual Full HD) e o futuro sistema.

Chamado Surface Hub, é um dispositivo pensado para uso profissional, em reuniões, e educacional, na sala de aula. Tem raízes desde a primeira vez em que uma tecnologia de toque chamada Surface foi mostrada pela empresa, em 2007.

O nome Surface foi usado posteriormente no tablet feito pela Microsoft, lançado inicialmente em 2012.
O "tablet" foi pensado para uso com anotações usando o toque ou canetas e para conferências via Skype, sistema de VoIP da Microsoft.

O Surface Hub também terá duas câmeras, microfones e alto-falantes.

XBOX ONE
A Microsoft também anunciou que donos do Xbox One poderão jogar títulos da plataforma em seus computadores por meio de uma tecnologia de "streamig" caseiro.
O console não precisará estar ligado para que o usuário jogue o game no seu computador ou tablet.
Também será possível assistir aos games jogados no Xbox usando o computador e gravar os vídeos para compartilhamento posterior ou "streaming" em tempo real.
Será possível também jogar no PC usando o controle do console. Outras novidades serão apresentadas em março, anunciou a Microsoft.
HOLOLENS
No mesmo evento, a empresa apresentou os óculos de realidade virtual HoloLens, que cria imagens holográficas em torno do mundo real. O produto permite aos usuários interagir com objetos virtuais que se posicionam de acordo com o cenário real -é possível, por exemplo, usar uma sala de estar como "fase" de um jogo.
O cientista da computação brasileiro Alex Kipman, conhecido por ter desenvolvido o Kinect, foi ao palco para o anúncio. De acordo com a revista "Wired", que teve acesso ao produto com antecedência, o desenvolvimento do HoloLens demorou cinco anos para ser concluído.
A grande novidade técnica do produto é um novo tipo de placa, chamada pela Microsoft de HPU, sigla para "holographic processing unit" ("unidade de processamento holográfico", em inglês). Graças a esse novo tipo de placa e a diversos sensores, o óculos analisa o ambiente ao redor e é capaz de, em tempo real, posicionar objetos virtuais como se fossem reais, segundo Kipman.
"Em última instância, você percebe o mundo por causa da luz", disse Kipman à "Wired". "Se eu pudesse magicamente ligar um depurador, poderíamos ver fótons se movimentando pelo mundo. Eventualmente, eles atingiriam a parte de trás dos seus olhos e, por isso, você imagina como o mundo é. Você essencialmente alucina sobre o que o mundo é, ou vê o que sua mente quer que você veja", completou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber