Economia

Mantega: S&P terá que se explicar se rebaixar Brasil

Da Redação ·
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje que seria um equívoco da agência Standard & Poor's rebaixar a perspectiva ou a nota de classificação de risco do Brasil. "Vão ter que se explicar", afirmou. Segundo Mantega, o governo cumprirá "com certeza" a meta de superávit primário deste ano. O superávit primário representa a economia do governo para o pagamento dos juros da dívida pública. A afirmação é uma reação à declaração da diretora-executiva da Standard & Poor's do Brasil, Milena Zaniboni, que disse hoje que, caso o Brasil não cumpra a meta de superávit primário deste ano, equivalente a 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB), "pode haver rebaixamento" da perspectiva ou da nota de classificação de risco. Hoje, o Brasil possui a primeira nota de investment grade, que é BBB-.
continua após publicidade