Economia

BC: comércio sente falta de notas de R$ 5 e R$ 2

Da Redação ·
O comércio sente mais falta das notas de R$ 5 e R$ 2 para dar troco, segundo a pesquisa "O Brasileiro e sua relação com o dinheiro", versão 2010, divulgada hoje pelo Banco Central (BC). O segmento também declara que as moedas de R$ 1 e de R$ 0,50 são as que mais fazem falta. Mais da metade dos comerciantes ouvidos demonstrou estar insatisfeita com o fornecimento de moedas pelos bancos. Cerca de um quarto do setor gostaria de ver em circulação moedas com valores acima de R$ 1, com destaque para os que demandam moedas de R$ 2 (62%). De acordo com a pesquisa, aumentou de 54% para 58% o índice de caixas do comércio que se lembram da divulgação das campanhas de reconhecimento de notas falsas. O número dos que declaram já ter recebido nota falsa no comércio caiu de 61% para 58%, sendo que as notas de R$ 50 e R$ 10 são as mais comuns. Mais da metade dos comerciantes declara que, ao perceber a nota falsa, se o cliente ainda estiver no estabelecimento, devolve a cédula. Se o cliente já tiver ido embora, cerca de um quarto dos comerciantes diz que joga a nota fora, um índice semelhante ao dos que usam o objeto como exemplo interno. Um índice de 31% declara que encaminha a nota falsa ao banco. Segundo a pesquisa, 91% dos comerciantes verificam a autenticidade da nota.
continua após publicidade