Economia

Sistema de consórcio cresce 7,1% em janeiro ante 2010

Da Redação ·
O sistema de consórcios cresceu 7,1% em janeiro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), o número de participantes subiu de 3,80 milhões para 4,07 milhões no período. As vendas de novas cotas passaram de 152,1 mil em janeiro do ano passado para 166,5 mil em janeiro de 2011. No comparativo, as contemplações mantiveram-se estáveis, totalizando 82,5 mil em janeiro último. O destaque em janeiro ficou por conta das novas adesões em veículos leves, cuja ascensão foi de 22%, e dos veículos pesados, em que o aumento superou 65%. O volume de negócios do setor de consórcios como um todo somou R$ 4,80 bilhões em janeiro, um incremento de 16,5% em relação a janeiro de 2010. Para Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da Abac, o desempenho do setor contrariou o comportamento comum nessa época do ano, que é a desaceleração natural dos negócios em razão das férias. "Acreditamos que a inversão de tendência está na consciência cada vez maior do brasileiro em se planejar financeiramente", afirma. Imóveis As vendas de novas cotas de consórcio de imóveis se manteve estável em janeiro na comparação com igual período do ano anterior, em 14,7 mil unidades, de acordo com a Abac. O valor médio das cotas para a compra de um imóvel subiu 5,7% no primeiro mês do ano, para R$ 91,3 mil, ante R$ 86,3 mil um ano antes. Em janeiro o segmento registrava 582,3 mil participantes, indicando acréscimo de 8% em relação a janeiro de 2010. No período, 5,6 mil pessoas foram contempladas neste segmento, declínio de 22,2% frente a janeiro de 2010. Entre março do ano passado e janeiro deste ano, 3.430 participantes utilizaram o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para amortizar ou quitar parcelas, somando R$ 58,9 milhões. Veículos A venda de novas cotas de consórcios de veículos automotores registrou alta de 12,2% em janeiro de 2011 em comparação ao mesmo mês de 2010, passando de 129,4 mil para 145,2 mil. Com isso, o número de participantes cresceu 7,6%, passando de 3,16 milhões em janeiro do ano passado para 3,40 milhões, conforme a Abac. Com relação ao número de contemplações, foram 73,7 mil em janeiro de 2011, 2,6% a mais do que no mesmo mês de 2010. Considerando apenas motocicletas e motonetas, segmento que responde por mais de 50% do total de participantes do sistema de consórcios no Brasil, a venda de novas cotas cresceu 5,9% no período, somando 92 mil. O número total de participantes chegou a 2,10 milhões, uma alta de 4,0% na comparação com janeiro de 2010. No segmento de veículos leves, houve 22,3% de crescimento no número de novas adesões. Foram 48,9 mil novas cotas, ante 40 mil em janeiro de 2010. Já no segmento de veículos pesados, as novas cotas tiveram um avanço de 65,4%, somando 4,3 mil novas adesões.
continua após publicidade