Economia

IBGE: emprego industrial recua 0,1% em janeiro

Da Redação ·
O emprego na indústria recuou 0,1% em janeiro de 2011 ante dezembro do ano passado, na série livre de influências sazonais, segundo informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Hoje, o instituto anunciou os resultados da Pesquisa Industrial Mensal: Emprego e Salário (Pimes) de janeiro. Em dezembro, o emprego industrial mostrou taxa negativa idêntica, também de 0,1% em relação a novembro. Para o IBGE, o desempenho de janeiro mostra um quadro de estabilidade no emprego industrial. Isso reflete o menor dinamismo da produção industrial observado a partir do segundo trimestre do ano passado. De acordo com o IBGE, na comparação com janeiro de 2010, o emprego industrial cresceu 2,7% em janeiro deste ano. A ocupação na indústria acumula alta de 3,7% nos 12 meses encerrados em janeiro deste ano. Regiões O emprego industrial em janeiro deste ano avançou nas 14 áreas pesquisadas pelo IBGE, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Segundo informou o instituto, os destaques de aumento no emprego industrial, neste período de comparação, ficaram com as taxas positivas registradas em São Paulo (2,0%), Minas Gerais (4,2%), região Norte e Centro-Oeste (4,4%) e região Nordeste (2,1%). Na avaliação por setores, o IBGE informou que o emprego industrial avançou em 12 dos 18 ramos pesquisados em janeiro ante o mesmo mês do ano passado. Os destaques positivos na ocupação da indústria no período foram registrados nas atividades de meios de transporte (8,2%), produtos de metal (8,9%), máquinas e equipamentos (7,4%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (7,6%) e metalurgia básica (9,0%). Entre as quedas no emprego industrial detectadas pelo IBGE no mesmo período, os destaques negativos foram registrados em papel e gráfica (baixa de 8,1%) e vestuário (queda de 2,8%).
continua após publicidade