Economia

Barroso espera que UE avance em acordo sobre reforma

Da Redação ·
O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, afirmou estar confiante de que os líderes da União Europeia (UE) farão progresso em direção a um acordo sobre uma reforma abrangente no gerenciamento econômico do bloco na reunião que está sendo realizada hoje. "Eu espero uma boa discussão sobre um plano econômico abrangente para a zona do euro e para a União Europeia como um todo", disse Barroso, ao chegar ao encontro. Os líderes europeus vão debater mudanças nos fundos de resgate da zona do euro - notadamente a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF) - criados para ajudar países membros que tenham dificuldades para tomar empréstimos nos mercados de bônus internacionais. Também serão discutidas propostas para reforçar a cooperação em relação à política fiscal, à regulamentação do mercado de trabalho e a outras áreas cruciais para os países do bloco. De acordo com fontes oficiais, a Alemanha e a França - os dois maiores membros da zona do euro (que reúne os 17 países que utilizam o euro como moeda) - chegaram a um acordo sobre uma série de propostas para aumentar a coordenação entre os países em troca de um aumento nos recursos disponíveis para ajudar nações debilitadas da região. No entanto, eles terão de convencer outros governos e a União Europeia como um todo de que as propostas não envolvem uma inaceitável perda de soberania, particularmente em áreas como cobrança de impostos corporativos. "Nós temos agora novos mecanismos de governança", disse Barroso. "Algumas ideias apresentadas por alguns países membros se ajustam muito bem a essa abordagem geral para reforçar nossa governança na zona do euro e na União Europeia. Portanto, estou muito confiante sobre essa reunião", declarou. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade