Economia

Abdib: único compromisso de Mantega foi manter o PSI

Da Redação ·
O único compromisso formal do ministro da Fazenda, Guido Mantega, a empresários durante a reunião hoje do Grupo de Avanço da Competitividade (GAC) foi o de continuar com o Programa de Sustentação de Investimentos (PSI), previsto para encerrar em março, conforme afirmou o presidente da Associação Brasileira de Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy. " O ministro disse que continuará com o PSI, mas não disse quando, nenhum prazo", afirmou. Conforme o empresário, o governo apresentou pontos mais genéricos em relação, por exemplo, à balança comercial. Segundo ele, Mantega disse que é preciso defender o País comercialmente, mas não detalhou que mecanismo será usado. "O ministro Pimentel (Fernando Pimentel, do MDIC) também colocou urgência na reversão da tendência da balança comercial, que está sendo sustentada por commodities, relatou Godoy. O presidente da Abdib declarou que o consenso na reunião foi em relação aos pontos que precisam ser melhorados no País. Segundo ele, o item fundamental é a relação câmbio versus importação. "A China também é um problema específico para toda a indústria", disse. Godoy comentou ainda que a desoneração da folha de pagamento foi citada durante a reunião, mas avaliou que este é um tema complicado de ser debatido porque cada um possui uma ideia diferente a respeito do assunto.
continua após publicidade