Economia

Oferta de crédito vai continuar a cair em 2011

Da Redação ·

A oferta de crédito ao consumidor deverá continuar a perder força ao longo dos primeiros seis meses deste ano, segundo dados divulgados nesta terça-feira (1º) pela empresa de análise de crédito Serasa Experian. O indicador de perspectiva do crédito ao consumidor caiu 1,1% em dezembro de 2010, marcando o oitavo mês seguido de piora nas expectativas.

continua após publicidade

O ambiente de aperto monetário – com, por exemplo, elevações da taxa Selic (os juros básicos da economia brasileira), aumento dos compulsórios (total de recursos que as instituições financeiras são obrigadas a deixar em uma conta do BC) – combinado com um nível de endividamento mais elevado do consumidor vão frear a farra do crédito vivida no país no último ano – quando houve uma expansão de quase 19% –, segundo a Serasa.

continua após publicidade

Já para as empresas, o índice de perspectivas caiu menos, 0,2% - primeira queda nesse indicador desde fevereiro de 2009. Para os economistas da Serasa Experian, o aperto monetário em vigor deverá produzir restringir o crédito às empresas, mas de maneira mais branda que para o consumidor.