Economia

Manifestação de bancários pede correção da tabela do IR

Da Redação ·
Os bancários realizaram hoje manifestações em dois pontos da capital paulista e em Osasco, na Grande São Paulo, para cobrar a correção da tabela do Imposto de Renda e evitar que os salários sejam corroídos pelo tributo. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, com o mote "morda o leão antes que ele te morda", os trabalhadores querem sensibilizar o governo federal, que vai se reunir amanhã, em Brasília, com as centrais sindicais, para que atenda a reivindicação de corrigir a tabela com pelo menos a inflação do período, 6,47%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Os grupos se reuniram entre as 7h e 9h de hoje, na Cidade de Deus, em Osasco, na sede administrativa do Bradesco; em frente ao Banco do Brasil na Avenida Paulista e no Centro Empresarial Itaú, no Jabaquara, na zona sul de São Paulo. Nos três locais, segundo o sindicato, trabalham um total de 29 mil funcionários. Durante o protesto, foram distribuídos chocolates com cara de leão. O sindicato também orientou os bancários que enviassem mensagens para a Câmara, para o Senado e para a equipe econômica, pedindo a correção da tabela do imposto de renda. A entidade sindical também enviou no dia 21 de janeiro carta à presidente Dilma Rousseff e aos ministros Antonio Palocci (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda) e Miriam Belchior (Planejamento) reivindicando a instalação de uma política perene de correção da tabela de acordo com a inflação do período.
continua após publicidade