Economia

Encomendas à indústria sobem 2,1% na zona do euro

Da Redação ·

As encomendas à indústria da zona do euro aumentaram 2,1% em novembro do ano passado, na comparação com outubro, e subiram 19,9% em relação a novembro de 2009. Os dados, divulgados hoje, foram mais fortes que os de outubro, quando as encomendas cresceram 1,4% ante setembro e 14,8% ante outubro de 2009. Os resultados de novembro ficaram levemente abaixo das estimativas dos economistas, que esperavam alta mensal de 2,2% e anual de 17,5%. Os números têm como referência os 16 países que, em novembro do ano passado, utilizavam o euro como moeda. No início de janeiro deste ano, a Estônia passou a fazer parte da zona do euro, aumentando para 17 o total de países do grupo. O desempenho das indústrias variou entre os países da zona do euro. Na Itália e na Holanda, as fábricas registraram queda nas encomenda, enquanto na Alemanha houve aumento de 5,3% e, em Portugal, crescimento de 9,1%. Nos 27 países membros da União Europeia como um todo, as encomendas subiram 1,6% ante outubro e 18,9% ante novembro de 2009. No Reino Unido, as encomendas aumentaram 2,7% em novembro no mês e 12,6% no ano. As informações são da Dow Jones.

continua após publicidade