Economia

Quase metade da população brasileira tem veículo próprio

Da Redação ·

Uma pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), com base na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) do ano passado, divulgada nesta terça-feira (14), mostra que o número de domicílios brasileiros com, ao menos, um carro ou uma moto na garagem subiu de 45,2% em 2008 para 47% em 2009.

continua após publicidade

Essa ampliação do número de veículos nas ruas foi impulsionada pela redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que começou em dezembro de 2008 para estimular o consumo de automóveis depois da crise financeira mundial. O benefício, que vigorou até março deste ano, ajudou o setor a bater recorde de vendas em 2009, com 3,14 milhões de unidades comercializadas.

continua após publicidade

Por outro lado, 53% das casas brasileiras não têm nem carro nem moto, ou seja, essa população depende dos sistemas de transporte público para se deslocar. A tendência de aumento das vendas de veículos já é uma preocupação, segundo o Ipea.

continua após publicidade

- Se o uso do transporte individual já é alto, gerando fortes problemas de mobilidade nos grandes centros urbanos, a situação pode piorar bastante, pois a posse de veículos privados ainda tende a crescer muito na faixa da população que ainda não dispõe deles.

Sete em cada dez moradias de Santa Catarina possuem ao menos um veículo, de acordo com o levantamento do Ipea. O Paraná aparece na segunda posição, com 61,5% das casas com carro ou moto. No terceiro lugar aparece o Distrito Federal, com 59,7%, seguido de perto por São Paulo, com 59,1%.