Economia

13º e festas incentivam reforma da casa no fim do ano

Da Redação ·

A proximidade das férias, a grana do 13º salário, a extensão do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido para materiais de construção e a tradição de mudar a casa no segundo semestre deverão incentivar a ampliação e a reforma da casa própria neste fim de ano.

continua após publicidade

Essa conjunção de fatores deverá ajudar as lojas a vender pelo menos 11% mais neste ano que no ano passado, segundo o diretor de marketing e pesquisas na Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), Arnaldo Laghetto.

continua após publicidade

- Alguns fatores contribuem para que pessoa deixe a casa bonita para o fim do ano. O primordial é uma tradição do povo brasileiro de reformar a casa para o Natal. Depois, vem a redução e isenção de impostos. Ainda tem as férias do homem da casa (ou da mulher, se for ela), que costumam ser no fim do ano. Outro fator é a entrada do 13º salário, que também ajuda nas pequenas reformas.

continua após publicidade

A indústria de materiais de construção é ainda mais otimista quanto ao crescimento das vendas e prevê aumento de 13% nos negócios em 2010, segundo o presidente da Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), Melvyn Fox.

- Vamos ter um fim de ano melhor que o ano passado. O crescimento final deste ano deve ser de 12% a 13%, o que é muito bom. A construção civil está crescendo quase o dobro da previsão do PIB [Produto Interno Bruto]. Em 2009, houve uma queda de 12% [nas vendas] por causa da crise financeira mundial. Em 2008, tivemos um crescimento de 14% sobre 2007.