Economia

Conab prevê safra em 2011 de 149,1 mi de toneladas

Da Redação ·

A safra brasileira de grãos 2010/11 deve alcançar 149,087 milhões de toneladas, o que indica uma pequena baixa de 0,1%, em comparação com o ciclo anterior (2009/10), quando foram produzidas 149,204 milhões de toneladas. O resultado faz parte do terceiro levantamento de intenção de plantio, divulgado hoje pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

continua após publicidade

Segundo a Conab, o clima favorável tem permitido um bom desenvolvimento das lavouras. "No geral, a previsão está condicionada à ocorrência de clima favorável, desde que não afete culturas como soja, milho (1ª e 2ª safras), arroz e feijão", informa a Conab, em comunicado. O encerramento da safra de trigo nos Estados do Sul confirma que a produção deve ser de 5,78 milhões de toneladas, com um aumento de 15% sobre o período anterior.

continua após publicidade

A safra de arroz deve crescer 7,8%, para 12,57 milhões de toneladas, mesmo com uma retração na área de 1,2%. Já a safra de soja, com participação de 46% no total nacional, deve alcançar 68,51 milhões de toneladas, em uma área de 24,08 milhões de hectares. O aumento sobre a área da safra anterior é de 2,6%. A Conab estima, no entanto, que a primeira safra de milho deve apresentar uma queda de produção de 8%, podendo atingir 31,35 milhões de toneladas, em comparação com 34,08 milhões de toneladas da safra passada.

continua após publicidade

Os técnicos ressaltam que a lavoura de algodão do Brasil está atingindo grande importância nesta safra. Os preços altos nos mercados interno e externo estimularam os produtores a aumentar a área de cultivo e o uso de pacote tecnológico com alta adubação. A produção da pluma de algodão está projetada para 1,835 milhão de toneladas (mais 54% ante a safra passada) em uma área de 378,8 mil hectares, ou 45,3% mais do que a cultivada em 2009/10. A produtividade está estimada em 1.511 kg/ha, superior em 5,7% à produtividade da safra anterior.

A pesquisa foi realizada por 51 técnicos, no período de 22 a 26 de novembro, em trabalho de campo que ouviu representantes de cooperativas e sindicatos rurais, de órgãos públicos e privados nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além de parte das regiões Norte e Nordeste.

continua após publicidade

IBGE

continua após publicidade

Em outra divulgação do dia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estimou que a produção de grãos na safra 2011 será de 145,1 milhões de toneladas, o que indica uma queda de 2,5% ante o ciclo 2010, de 148,8 milhões de toneladas. O levantamento é o segundo feito pelo órgão a respeito da próxima safra. O volume previsto é um pouco maior que as 144,5 milhões de toneladas estimadas no primeiro prognóstico.

A pesquisa foi realizada em novembro nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste e nos Estados de Rondônia, Maranhão, Piauí e Bahia. Nos Estados que ainda não dispõem das primeiras estimativas, o IBGE usou as projeções obtidas a partir das informações de anos anteriores. A queda ante a produção 2010 deve-se, principalmente, às menores previsões para a Região Sudeste (baixa de 1,6%) e Sul (recuo de 9,0%).