Economia

Volkswagen faz recall de 49 mil unidades da Kombi

Da Redação ·
Último recall envolvendo a Kombi havia ocorrido em setembro de 2006
fonte: Reprodução
Último recall envolvendo a Kombi havia ocorrido em setembro de 2006

Há 53 anos em produção no País, a Kombi passa por um novo recall. Desta vez, de 49 mil unidades dos modelos 2009, 2010 e 2011, todos com motor 1.4 flex (bicombustível). A Volkswagen constatou a possibilidade do surgimento de trincas no sistema de escapamento que podem causar a quebra do componente, provocando forte ruído. Em casos extremos, segundo a empresa, o problema pode causar incêndio no compartimento do motor.

continua após publicidade

Os consumidores devem agendar o conserto gratuito em uma das concessionárias da marca em todo o País a partir de hoje. Serão feitas a inspeção e a instalação de suporte no sistema de escapamento. Com mais esse recall, sobe para 1,471 milhão o total de veículos que foram convocados este ano para reparos de defeitos de fabricação. Em todo o ano passado foram 723,8 mil unidades, segundo estatísticas feitas pelo site especializado estradas.com.br. O recorde ainda é o de 2000, quando 1,73 milhão de veículos passaram por recall no País.

continua após publicidade

O último recall envolvendo a Kombi havia ocorrido em setembro de 2006, quando 8,8 mil unidades tiveram de ser levadas às concessionárias para reparos na galeria de combustível, que poderia apresentar fissura e vazamento. Em maio do mesmo ano, 7,5 mil unidades passaram por recall por problemas no módulo de gerenciamento do motor. Segundo a Volkswagen, os modelos Kombi envolvidos na atual convocação são os do ano 2009, com chassi de numeração de 9P 019 162 a 9P 999 999; ano 2010, chassi AP 000 001 a AP 999 999; e 2011, de BP 000 001 a BP 013 884. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.