Economia

Portugal diz que pode ter de abandonar o euro

Da Redação ·
 Imagem Ilustrativa
fonte: googleimagens.com
Imagem Ilustrativa

O fracasso em obter uma coalizão governista ampla para enfrentar a crise financeira pode forçar Portugal a abandonar o euro, disse o ministro das Relações Exteriores, Luís Amado, em entrevista publicada neste sábado (13) ao semanário Expresso. A oposição e governo devem se unir para lidar com uma "situação extrema", afirmou.

continua após publicidade

- Acredito que os partidos compreendem que a alternativa para a situação que enfrentamos é, eventualmente, sair do euro (...) Essa é uma situação que poderíamos ser inevitavelmente obrigados pelo mercado a considerar. O país precisa de uma grande coalizão que nos permita superar a situação atual.

continua após publicidade

Portugal viu uma perda acentuada da confiança dos investidores nas últimas semanas, em meio a crescentes preocupações com a frágil situação do orçamento da Irlanda - outro país com pesados problemas de endividamento.

continua após publicidade

A preocupação maior dos investidores com Portugal é a incerteza quanto à aprovação de medidas para reduzir seu nível de endividamento: as medidas do governo - que não tem maioria no parlamento - precisam do aval da oposição para serem aprovadas. Ambos conseguiram aprovar o primeiro esboço do orçamento de 2011 neste mês, mas os investidores vão acompanhar com atenção até a votação final, no próximo dia 24.

Copyright Thomson Reuters 2009