Economia

APL do Boné recebe missão uruguaia

Da Redação ·
 Comissão uruguaia no gabite municipal
fonte: Edson Denobi/Prefeitura de Apucarana
Comissão uruguaia no gabite municipal

Uma comitiva uruguaia integrada por representantes do governo e do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, esteve em Apucarana nesta quarta-feira (27/10) para conhecer de perto o bem-sucedido Arranjo Produtivo Local (APL) do Boné. Em Apucarana, o setor emprega 15 mil trabalhadores. No gabinete municipal, foram recepcionados pelo prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), equipe da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Agricultura e membros das entidades que formam a governança do APL. “O segredo em nosso município é a sintonia entre as entidades formadoras. Somado a isso, o empenho do empresariado, que acolheu a proposta e tem a cada ano galgado novos degraus”, disse João Carlos.

continua após publicidade


O presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Jaime Leonel, fez um apanhado histórico desde a formação do APL, em 2003. “O arranjo surgiu provocado pelo Sebrae, já que nossa cidade e região, por sua própria colonização por várias etnias, não tem a tradição do associativismo. Funcionou muito bem e hoje somos o maior polo da América Latina na área”, assinalou Leonel. De acordo com ele, a visita foi um importante momento de intercâmbio. “Ficamos lisonjeados em constatar mais uma vez a representatividade de nosso APL. Foi um encontro produtivo para ambos os lados, onde ficam os contatos”, concluiu.


A comitiva, que percorre outros APLs no Paraná, tem a frente Tomás Bernardo Alonso Bastreri, coordenador da Corporação Nacional de Desenvolvimento, e conta com Eduardo Pereyra, diretor da Dinae – Direção Nacional de Emprego; Enrique Gallicchio, coordenador-geral do Programa Nacional ART Desenvolvimento Local; Julio Ceizar Vinholes Pinto, assessor da intendência (prefeitura) de Cerro Largo; e os prefeitos Ana Patricia Ayala (Artigas) e Marne Osório (Rivera). Atualmente, os seis APLs do Estado são considerados exemplos de sucesso e firmam o Paraná como um forte polo nacional de desenvolvimento de software e serviços de Tecnologia da Informação.

continua após publicidade


Segundo o secretário executivo do Codesul, Santiago Gallo, Apucarana foi escolhida para fazer parte do percurso também pelo modelo de governança, onde o poder público municipal tem importante interferência. “Como temos prefeitos em nossa comitiva, todos estavam bastante curiosos para saber como se dá essa participação da prefeitura, com vistas à geração de emprego e renda”, destacou Gallo. Ele disse não ser comum o uso do boné em países como o Uruguai e Argentina “falta ação de marketing inteligente, onde ídolos poderiam passar a usar o acessório para que os jovens passassem a ter mais interesse em usar”, comentou o secretário.


Além de Apucarana, os uruguaios também estiveram em Curitiba, Londrina e Arapongas. O retorno para o Uruguai é previsto para esta quinta-feira.