Economia

Geithner está "otimista" com propostas feitas pelo G-20

Da Redação ·

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, disse neste sábado que está "otimista" com as propostas de políticas econômicas globais acordadas pelo G-20, e que os resultados serão fundamentais.

continua após publicidade

"O teste é o que os países realmente fazem" depois que concordam em cooperar sobre câmbio e reduzir os desequilíbrios externos, disse Geithner em coletiva de imprensa depois da reunião de dois dias dos ministros de Finanças e presidentes de banco central do grupo que reúne os países industrializados e os principais emergentes em Gyeongju, Coreia do Sul

continua após publicidade

O G-20 prometeu evitar "a desvalorização cambial competitiva", numa aposta contra uma possível "guerra cambial" e em favor da criação de um ambiente para um crescimento global mais equilibrado. O grupo, no entanto, não anunciou metas específicas para se atingir o objetivo de "reequilibrar" o crescimento global e diminuir o excesso de confiança nas importações norte-americanas.

continua após publicidade

"Estamos ansiosos por trabalhar juntos nas próximas semanas e meses para tentar colocar mais carne no esqueleto" dos objetivos do G-20, disse Geithner. A reunião em Gyeongju tem como objetivo a preparação para uma reunião de cúpula do G-20 em 11 e 12 de novembro em Seul.

A uma pergunta sobre acusações de que os próprios EUA teriam errado ao criar políticas que enfraqueceram o dólar, Geithner respondeu que o país "tem como política promover um dólar forte e nós reconhecemos as responsabilidades especiais que temos para ajudar a contribuir para a estabilidade financeira global" como um país que possui uma moeda de reserva chave. As informações são da Dow Jones.