Economia

Mais caro, álcool compensa em dez Estados

Da Redação ·
 Imagem Ilustrativa
fonte: googleimagens.com
Imagem Ilustrativa

O preço do álcool subiu de R$ 1,704 para R$ 1,716 nesta semana - uma alta de quase 1% -, segundo pesquisa de preços da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), divulgada nesta sexta-feira (22). A alta do preço da gasolina foi menor – passou de R$ 2,567 para R$ 2,57, aumento de 0,1%.

continua após publicidade

A agência leva em conta os preços praticados nos postos de gasolina entre o último domingo (17) e sábado (23).

continua após publicidade

Mesmo com preço maior, o álcool ainda compensa em dez Estados, assim como na semana passada, mas houve uma mudança: o combustível se tornou inviável em Rondônia, mas ficou vantajoso no Distrito Federal. Agora, também vale a pena encher o tanque com álcool no Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins.

continua após publicidade

Os paulistas encontram o combustível mais barato do país - um litro de álcool custa R$ 1,567 - e Goiás está na segunda posição do ranking. Os consumidores do Estado desembolsam R$ 1,613 pelo litro.

Na Bahia e em Pernambuco, o motorista pode escolher tanto o álcool como a gasolina, já que a divisão de preços dos combustíveis está próxima dos 70%.

continua após publicidade

Para saber se compensa o álcool ou a gasolina, o consumidor deve dividir o preço do primeiro pelo da segunda. Se a conta ficar abaixo de 0,70, vale a pena escolher o álcool porque o poder calorífico (rendimento) do motor a álcool é de 70% do poder encontrado nos motores à gasolina. A forma de dirigir e o modelo de veículo também interferem no consumo de combustível do carro.

continua após publicidade

A gasolina, entretanto, continua mais vantajosa na maior parte do Brasil. Compensa optar pelo derivado do petróleo em Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Em Santa Catarina, o litro da gasolina é vendido, em média, por R$ 2,615. No Rio Grande do Sul, os postos comercializam o produto por R$ 2 e, em Alagoas, o preço praticado é de R$ 1,93, em média.