Economia

Alimentos e habitação fazem preços terem queda menor

Da Redação ·

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor - Semanal) apontou queda menor na terceira leitura prévia deste mês, de 0,17%, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela FGV (Fundação Getulio Vargas). A queda nos preços dos alimentos e a alta nos custos de habitação influenciaram o resultado.

continua após publicidade

No grupo alimentação - o que mais contribuiu para o ligeiro avanço no IPC-S - os preços caíram 0,94%, menos que a queda de 1,09% vista na leitura da semana passada. O item hortaliças e legumes (de -8,87% para -7,94%) foi o que mais afetou o indicador.

No grupo habitação houve alta de 0,23%, acima do 0,20% visto uma semana antes, com a influência do item taxa de água e esgoto residencial (de estabilidade para 0,74%). Também vieram acima do registrado na semana passada os índices dos grupos vestuário (-0,90% para -0,84%) e educação, leitura e recreação (-0,10% para -0,05%), com destaque para os itens: calçados (0,23% para 0,37%) e passagem aérea (-5,64% para -2,58%).

continua após publicidade

Os recuos nos itens cigarro (1,36% para 0,72%), artigo de higiene e cuidado pessoal (0,28% para -0,06%) e seguro facultativo para veículo (0,57% para -0,63%) contribuíram para as desacelerações dos grupos Despesas Diversas (0,73% para 0,47%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,35% para 0,17%) e Transportes (0,29% para 0,23%).

A próxima apuração do IPC-S, com o índice final referente a agosto, será divulgada no dia 1º de setembro.