Economia

Petrobras ainda é maior do que a Vale, mostra pesquisa

Da Redação ·

A Petrobras ainda supera a Vale em valor de mercado. Segundo pesquisa da consultoria Economatica, a mineradora tem um preço bastante próximo do valor da petrolífera, mas não é a maior companhia do país. A diferença no valor entre elas fica perto de R$ 1,75 bilhão (US$ 1 bilhão).

continua após publicidade

Na Bovespa (Bolsa de Valores de SP), a Petrobras valia R$ 253 bilhões (US$ 144,6 bilhões) nesta quinta-feira (19), enquanto a Vale estava em R$ 254,6 bilhões (US$ 145,5 bilhões), o que colocaria a mieradora à frente. Para a Economatica, esses números podem estar distorcidos porque levam em consideração ações que não deveriam entrar na conta.

continua após publicidade

Para Fernando Exel, presidente da consultoria, o cálculo do valor de mercado não deve incluir as ações em tesouraria. Ele diz que devem sair do total do valor da Vale as 77 milhões de ações que a empresa tem em sua administração.

continua após publicidade

- O valor de mercado é, em teoria, o quanto um investidor gastaria para comprar todas as ações da empresa. Logo, as ações na tesouraria não devem ser computadas porque, ao comprar todas as outras que estão disponíveis no mercado, este investidor automaticamente passaria a ser dono também das que estão na posse da empresa.

No mercado de ações, o cáculo do valor de mercado de uma empresa deve ser feito com a quantidade de papéis de investimento considerando o total de ações emitidas pela empresa menos a quantidade desses títulos que a própria companhia guarda consigo. Pelas regras de investimento no mercado, as empresas podem, sim, comprar as suas próprias ações.

continua após publicidade

A Economatica mostra que, nas contas corretas, a Petrobras tem valor de mercado de R$ 253,1 bilhões, enquanto a Vale está estimada em R$ 251,4 bilhões. As conversões entre dólar e real foram feitas pelo R7 com a cotação da moeda americana desta quinta-feira (R$ 1,75).

continua após publicidade

Ainda na mesma lista da consultoria, aparecem outras cinco brasileiras além de Vale e Petrobras. O Itau Unibanco ocupa a quarta posição (R$ 149,8 bi ou US$ 85,6 bi), seguido pela fabricante de bebidas AmBev (R$ 109 bi ou US$ 62,3 bi), pelo Bradesco (R$ 105,7 bi ou US$ 60,4 bi), pelo Santander (R$ 86,1 bi ou US$ 49,2 bi) e pelo Banco do Brasil (R$ 82,9 bi ou US$ 47,4 bi).

Na lista das dez maiores da América Latina ainda aparecem a empresa de telecomunicações America Movil (México), na terceira posição, com valor de mercado de R$ 175,1 bi (US$ 100,1 bilhões); a colombiana Ecopetrol (R$ 129,6 bi ou US$ 74,1 bi); e o WalMart do México, subsidiária da rede americana de varejo, no décimo lugar (R$ 73,8 bi ou US$ 42,2 bi).