Economia

Exportações do Paraná aumentam 33,25%

Da Redação ·
Saldo positivo ao Estado foi de US$ 79 milhões, conforme dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterioriorr
fonte: portosdosparana
Saldo positivo ao Estado foi de US$ 79 milhões, conforme dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterioriorr

As exportações do Paraná fecharam, mês passado, vendas de US$ 1,38 bilhão, alta de 33,25% na comparação com julho de 2009. As importações tiveram queda de 5,76%, totalizando compras de US$ 1,3 bilhão. O saldo positivo ao Estado foi de US$ 79 milhões, conforme dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

continua após publicidade

Dentre os estados, em valores aproximados, São Paulo (US$ 4,5 bilhões) foi o que mais exportou em julho, seguido por Minas Gerais (US$ 2,8 bilhões) e Rio Grande do Sul (US$ 1,5 bilhão). Os próximos estados do ranking foram Paraná (US$ 1,3 bilhão), Pará (US$ 1,2 bilhão), Rio de Janeiro (US$ 1,1 bilhão) e Espírito Santo (US$ 1 bilhão).

continua após publicidade

Na comparação com julho do ano passado, sete unidades da federação não tiveram variação positiva: Roraima (-67%), Tocantins (-34%), Rio de Janeiro (-30%), Rondônia (-17%), Piauí (-13%), Mato Grosso (-10%) e Alagoas (-4%).

continua após publicidade

MUNICÍPIOS

Na balança comercial dos municípios, Angra dos Reis (RJ) manteve a primeira colocação com embarques de US$ 5 bilhões nos sete primeiros meses do ano. Dentre os dez mais bem colocados nas vendas internacionais, a cidade de São Paulo (SP) aparece em segundo lugar com US$ 3,6 bilhões, seguida por Parauapebas (PA), com US$ 3,1 bilhões.

continua após publicidade

Do quarto até o décimo no ranking aparecem Santos (SP), com US$ 2,8 bilhões; São José dos Campos (SP), com US$ 2,5 bilhões; Itabira (MG), com US$ 2,47 bilhões; Paranaguá (PR), com US$ 2,45 bilhões; São Bernardo do Campo (SP), com US$ 2,1 bilhões; Vitória (ES), com US$ 2,08 bilhões; e Macaé (RJ), com US$ 2,05 bilhões.

continua após publicidade

Segundo o secretário da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Virgílio Moreira Filho, desde o início do ano, as vendas internacionais paranaenses já acumulam US$ 7,855 bilhões, elevação de 15,50% na comparação com os primeiros sete meses do ano passado. As importações alcançam a marca de US$ 7,133 bilhões, crescimento de 48,61%, e saldo atual de US$ 721 milhões.

Entre os produtos que contabilizaram incremento nas exportações nos primeiros seis meses deste ano, destacam-se a soja em grão, com participação de 21,70% do total das vendas estaduais, frango congelado, automóveis, açúcar e óleo de soja. Em relação às importações, o Paraná comprou principalmente óleo bruto de petróleo, automóveis, produtos químicos, circuitos integrados e peças para o setor automotivo.

MERCOSUL

Os países do Mercado Comum do Sul (Mercosul) acumulam alta de 75,43% nas exportações nos sete meses do ano. Foram US$ 1,181 bilhão em vendas para o Paraguai, Argentina e Uruguai. Nas importações, cerca de US$ 962 milhões (alta de 16,60% sobre 2009), o que rendeu ao Estado saldo positivo de US$ 219 milhões. "Automóveis, adubos ou fertilizantes, motores e tratores estão na pauta de nossas exportações aos países vizinhos", completa o secretário Moreira Filho. O governo do Estado totaliza, até o momento, 48 missões políticas e empresariais no exterior, entre seminários, encontros e rodadas de negócios.