Economia

Creci-SP: venda de imóveis cai 23% em junho

Da Redação ·

A nota enviada anteriormente possui uma incorreção no primeiro parágrafo. O índice de vendas de imóveis divulgado pelo Creci-SP se refere ao Estado de São Paulo - e não à cidade. Segue novamente a nota, corrigida:

continua após publicidade

O índice de vendas de imóveis no Estado de São Paulo recuou 23% em junho ante maio, de 0,9623 para 0,7403, de acordo com balanço divulgado hoje pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP). Os apartamentos representaram 61,66% dos negócios. No período, foram vendidos 1.380 casas e apartamentos.

continua após publicidade

De acordo com a pesquisa, as quatro regiões cobertas pelo Creci-SP informaram declínio nas vendas, com queda de 15,53% na capital, de 27,76% no interior, de 22,13% no litoral e de 26,44% nas cidades de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco.

Os imóveis usados mais vendidos no período no Estado de São Paulo foram os apartamentos, com 52,19% do total, enquanto as casas responderam pelos 47,81% restantes. Na divisão das vendas por faixas, a capital concentrou os negócios de maior valor. Imóveis com valor médio superior a R$ 200 mil responderam por 73,95% dos negócios fechados no período. Para a pesquisa foram consultadas 1.864 imobiliárias de 37 cidades do Estado.