Economia

Desemprego na Grande Curitiba tem menor taxa da série

Da Redação ·
Número total de pessoas ocupadas foi estimado em 1,509 milhão
fonte: AEN
Número total de pessoas ocupadas foi estimado em 1,509 milhão

A taxa de desemprego da Região Metropolitana de Curitiba foi estimada em 4,8% no mês de junho, a menor para um mês de junho desde 2002, de acordo com a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) realizada pelo Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social) e divulgada nesta terça-feira (3). Os setores que mais empregaram em um ano foram construção civil com acréscimo de 15 mil pessoas e educação/saúde/administração pública com mais 28 mil trabalhadores.
 

continua após publicidade

O número total de pessoas ocupadas foi estimado em 1,509 milhão, com um aumento de 3,6% frente a junho do ano passado, representando um acréscimo de 53 mil pessoas. Já o número de pessoas desocupadas e procurando trabalho no mês junho de 2010 foi estimado em 76 mil pessoas.
 

O coordenador de pesquisas periódicas do Ipardes, Gino Schlesinger, informa que a maior parte dos empregos gerados ocorreu no setor privado com carteira assinada. “Em um ano, foram mais 55 mil pessoas contratadas com carteira e 17 mil pessoas no setor público (funcionários públicos estatutários), que somadas representam 59,1% do número total de ocupações”, acrescentou.