Economia

Novo sistema dá voz a Stephen Hawking

Da Redação ·
Hawking (esquerda) é considerado um dos maiores cientistas vivos na atualidade - Foto: DIvulgação
Hawking (esquerda) é considerado um dos maiores cientistas vivos na atualidade - Foto: DIvulgação

Se não fosse pela tecnologia, o professor Stephen Hawking – considerado uma das maiores mentes da nossa época – não teria uma voz, um meio para expressar ideias que ampliam a nossa compreensão do universo.

continua após publicidade

Hoje, sua voz sintetizada talvez seja uma das mais imediatamente reconhecíveis no mundo. As informações são do Gizmodo.

No entanto, o cosmólogo e físico teórico – agora com 72 anos – está debilitado por sua luta contra a esclerose lateral amiotrófica (ALS). Sua capacidade de comunicação vem se deteriorando muito: às vezes, ele não conseguia digitar mais do que uma palavra por minuto usando seu computador.

continua após publicidade

Agora, graças ao ACAT (Kit de Ferramentas Assistivas Cientes do Contexto), um sistema criado pela Intel, Hawking está mais prolífico do que em toda sua trajetória lutando contra a ALS. Ele mesmo diz: “isso mudou minha vida”.

“Meu sistema anterior tem mais de 20 anos de idade, e era muito difícil continuar a me comunicar de forma eficaz e fazer as coisas que gosto todos os dias”, disse o professor Hawking na inauguração do novo sistema ACAT em Londres.

“Eu agora sou capaz de dar palestras, escrever artigos e livros e falar muito mais rápido. Este novo sistema mudou minha vida, e espero que me sirva bem pelos próximos 20 anos.”

continua após publicidade

Interface contextual

Criado em colaboração entre a Intel e os mestres de previsão de texto na Swiftkey (sob o escrutínio do próprio Hawking), o novo sistema ACAT permite a Hawking escrever com o dobro da velocidade, e navegar por seu computador e aplicativos dez vezes mais rápido que antes.

Confira matéria completa AQUI