Economia

Dilma cancela participação em evento do JP Morgan em São Paulo

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

SÃO PAULO, SP - A presidente Dilma Rousseff decidiu cancelar sua participação nesta terça-feira (2) no evento anual organizado pelo banco americano JP Morgan com clientes e investidores em São Paulo. 

continua após publicidade

O motivo alegado pelo Palácio do Planalto é que a presidente quer participar das articulações para a votação da chamada "manobra fiscal", o projeto que flexibiliza a meta fiscal deste ano. 


REGRA DO EVENTO 

continua após publicidade

No mercado financeiro, porém, o cancelamento teria ocorrido porque Dilma não teria concordado com as regras do evento, que é fechado aos convidados e que preserva a identidade dos participantes. Cerca de mil pessoas devem participar do congresso, que ocorre no hotel Hyatt, na zona sul de São Paulo. 

A participação da presidente Dilma era vista como uma tentativa do Planalto de aproximação com o mercado financeiro. Diante da escassez de recursos federais, num momento em que as contas públicas podem fechar o ano no vermelho, a presidente definiu como prioridade estimular investimentos nacionais e estrangeiros no setor produtivo para retomar o crescimento da economia brasileira.

O evento seria o primeiro após a presidente anunciar a nova equipe econômica, que será liderada pelo ministro indicado da Fazenda, Joaquim Levy.