Economia

Zona do euro tem crescimento mais fraco desde julho de 2013

Da Redação ·
Enquanto isso, o crescimento da atividade comercial no setor dos serviços caiu pelo quarto mês consecutivo - Foto: Divulgação
Enquanto isso, o crescimento da atividade comercial no setor dos serviços caiu pelo quarto mês consecutivo - Foto: Divulgação

A zona do euro registrou em novembro o crescimento mais fraco desde julho de 2013, com um índice PMI em 51,4, sete décimos menor do que em outubro, informou nesta quinta-feira (20) a consultoria Markit, que publica o índice.

continua após publicidade

"A queda do PMI da zona do euro ao seu mínimo nos últimos dezesseis meses aponta o risco de a região voltar a cair em uma nova recessão", avaliou Chris Williamson, economista da Markit.

"A zona do euro está lutando para gerar algum crescimento, já que o PMI indica que é provável que o PIB tenha aumentado apenas entre 0,1% e 0,2% no quarto trimestre", observou.

continua após publicidade

O índice para o setor industrial caiu para 51,4 pontos. Segundo a Markit, o crescimento da produção industrial bateu a maior marca dos últimos quatro meses, "mas o ritmo de expansão continua sendo modesto".

Enquanto isso, o crescimento da atividade comercial no setor dos serviços caiu pelo quarto mês consecutivo.

Em ambos os setores o volume de novos pedidos diminuiu ou não teve mudança. Já o emprego se estabilizou, pois 'as empresas resistem em aumentar seu número de funcionários por motivos de incerteza econômica e demanda escassa'.

continua após publicidade

Os preços de venda, diz a Markit, voltaram a cair nos dois setores 'seguindo a tendência de queda dos preços registrada desde abril de 2012'.

Por país, a França teve uma queda de toda a atividade pelo sétimo mês consecutivo, enquanto a atividade econômica da Alemanha se desacelerou no menor nível de julho de 2013.

No demais países da zona do euro, 'o ritmo de expansão em geral foi de desaceleração'.

Com informações do G1 - Confira matéria completa AQUI