Economia

Bolsas da Ásia sobem com dados positivos dos EUA

Da Redação ·
 O índice Shanghai Composite, da Bolsa de Xangai, encerrou aos 3.158,26 pontos
fonte: googleimagens.com
O índice Shanghai Composite, da Bolsa de Xangai, encerrou aos 3.158,26 pontos

As principais Bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira (6), ainda impulsionadas pelos dados positivos da economia dos Estados Unidos - como a criação de 162 mil empregos no país em março - e pelos ganhos de ontem em Wall Street. Não houve negociações em Hong Kong e Tailândia por ser feriado.

continua após publicidade

As Bolsas da China ficaram próximas da estabilidade. As ações do setor imobiliário recuaram devido às renovadas preocupações de que Pequim irá adotar mais medidas de contenção, ofuscando os ganhos nos papéis de mineradoras de cobre por conta da alta do preço dos metais. O índice Shanghai Composite, da Bolsa de Xangai, encerrou aos 3.158,26 pontos; o índice Shenzhen Composite, por sua vez, subiu 0,2% e terminou aos 1.237,43 pontos.

continua após publicidade

A Bolsa de Taipé (Taiwan) teve alta moderada, na terceira sessão seguida de ganhos. O índice Taiwan Weighted subiu 0,8% e encerrou aos 8.089,65 pontos, na maior alta em dez semanas. A Bolsa de Seul (Coreia do Sul) fechou estável com as vendas de papéis do setor automotivo; o índice Kospi fechou aos 1.726,09 pontos.

continua após publicidade

Na Bolsa de Manila, nas Filipinas, o índice PSE fechou em alta de 2,1% e chegou a 3.253,48 pontos, o mais alto nível desde fevereiro de 2008. A Bolsa de Cingapura teve leve alta, com o fraco desempenho dos futuros de ações dos EUA minando o entusiasmo dos investidores; o índice Straits Times subiu 0,2% e fechou aos 2.975,51 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta (Indonésia) recuou 0,2% e fechou aos 2.880,97 pontos, com realizações de lucros em ações de bancos e de telecomunicações depois de recentes avanços. O índice composto da Bolsa de Kuala Lumpur (Malásia) teve alta de 0,2% (11º avanço consecutivo) e fechou aos 1.344,37, conduzida por companhias de petróleo e gás natural.

continua após publicidade

Pela região, a Bolsa de Sydney (Austrália) atingiu a maior pontuação em 18 meses; o índice S&P/ASX 200 avançou 0,9% e fechou aos 4.953,7 pontos.

continua após publicidade

A Bolsa de Tóquio, na contramão, fechou em baixa de 0,50% no índice Nikkei 225; o indicador ficou com 11.282,32 pontos no fim do dia.

O yuan também se manteve estável em relação ao dólar, mas o dólar futuro de um ano caiu para menor nível em três semanas devido a renovada especulação de que a moeda chinesa retomará sua apreciação depois de o Tesouro dos EUA ter decidido no fim de semana adiar se marca a China como um manipulador corrente. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8258 yuans, de 6,8256 yuans do fechamento de sexta-feira (2). As informações são da Dow Jones.