Economia

Receita vai divulgar arrecadação de setembro só depois das eleições

Da Redação ·
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

BRASÍLIA, DF - A Receita Federal vai deixar para depois das eleições a divulgação do resultado da arrecadação de impostos e contribuições sociais referente ao mês de setembro. A divulgação desses dados deve ser feita na próxima quarta-feira, 29 de outubro.

continua após publicidade

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, os secretários envolvidos na divulgação estão em reunião interna de planejamento durante toda a semana, até sexta-feira. Essa reunião estava prevista desde o começo do ano, informou a assessoria.

Nos meses anteriores, a Receita tornou público o dado sobre arrecadação na penúltima semana do mês, que agora coincide com a semana de véspera das eleições.

continua após publicidade

Neste ano, apenas em abril a divulgação ficou para o fim do mês aconteceu no dia 28.

IMPACTO

A arrecadação tem sofrido os impactos do ritmo fraco da atividade econômica e apresentou queda em alguns meses do ano, o que é possível de ter acontecido em setembro.

continua após publicidade

De janeiro a agosto, a Receita arrecadou R$ 771,78 bilhões, um aumento de 0,64% em relação ao mesmo período do ano passado.

Esse aumento é inferior à meta oficial de ampliar em 1% a arrecadação, e mesmo assim só foi possível graças a receitas extraordinárias vindas do pagamento de tributos em atraso, incentivados pelo programa especial de parcelamento do governo, o chamado Refis.

Sem o Refis, a arrecadação teria registrado uma queda de 0,9% nos oito primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2013.

Com os resultados fracos nos oito primeiros meses de 2014, a Receita reduziu em setembro a previsão de alta da arrecadação no ano de 2% para 1%. No ano passado, a arrecadação teve alta de 4,08%.