Economia

Unifrango diz que começa obras em 30 dias

Da Redação ·
 Bertoli com Domingos Martins
fonte: Divulgação
Bertoli com Domingos Martins

A Unifrango deve iniciar as obras da construção de seu Centro de Distribuição em Apucarana em 30 dias. A informação foi dada pelo empresário Domingos Martins, diretor presidente da Unifrango S/A, ao presidente da Câmara de Apucarana, Mauro Bertoli (PTB). “Estamos encaminhando as últimas contratações necessárias par a o início das obras e estamos felizes porque os últimos entraves burocráticos estão sendo finalmente vencidos”, afirmou Martins a Bertoli, que fez uma visita de cortesia ao presidente da Unifrango no final da tarde desta quinta-feira (24).

continua após publicidade


O atraso no início das obras foi tema de reunião na Câmara, depois que um grupo de empresários locais procurou os vereadores e pediu uma atitude por parte do Poder Legislativo, que aprovou a doação de um terreno de cerca de 15 alqueires na saída para Califórnia, bem como recursos para obras de terraplenagem. Nas últimas semanas, requerimentos também foram aprovados em plenário, a fim de que a Prefeitura informe se houve um planejamento e um cronograma de obras para esse projeto.

continua após publicidade


Martins admite o atraso, mas diz que houve uma infinidade de questões burocráticas. Segundo ele, a única pendência agora é uma visita de técnicos do Ministério da Agricultura para vistoria do terreno e autorização prévia. “Como já solicitamos esta visita, ela deve ocorrer nos próximos dias. Outra pendência que tínhamos era com a Rodonorte e dia respeito à construção de um acesso ao terreno, mas isso também está resolvido”, anunciou o empresário. Segundo ele, a mesma empresa que vai construir o piso do barracão e o pátio ficará responsável pelas melhorias que garantirão o acesso, ficando os custos por conta da Unifrango.


Ainda de acordo com Domingos Martins, o Centro de Distribuição compreende a primeira etapa do complexo da Unifrango em Apucarana. Ele deverá ter 10 mil metros quadrados. “Deve ser uma obra relativamente rápida, compreendendo estrutura pré-moldada, com paredes de isopainel e cobertura metálica”, acrescenta Martins. Mauro Bertoli diz ter saído satisfeito da reunião. “O que toda a população de Apucarana quer ver é isso mesmo: que a instalação da Unifrango saia finalmente do papel, gerando emprego e renda para a cidade e a região. A Câmara, que sempre fez a sua parte, vai continuar acompanhando e apoiando esse projeto com a atenção que ele merece”, finaliza Bertoli.