Economia

Além de perder dinheiro, Eike Batista pode virar criminoso

Da Redação ·
Além de perder dinheiro, Eike Batista pode virar criminoso - Fred Prouser/Reuters
Além de perder dinheiro, Eike Batista pode virar criminoso - Fred Prouser/Reuters

O Ministério Público Federal em São Paulo denunciou nesta terça-feira (23) o empresário Eike Batista e sete ex-diretores da OGX Petróleo e Gás Participações S.A.. Eles são acusados de induzir milhares de investidores ao erro por anunciarem informações falsas sobre o potencial da empresa.

continua após publicidade

Segundo o MPF, os executivos estão envolvidos nos crimes de falsidade ideológica, indução de investidores ao erro e formação de quadrilha.

Entenda o 'calote' da petrolífera de Eike

continua após publicidade

Os sete ex-diretores da empresa também foram denunciados por manipulação do mercado de capitais. Eike, por sua vez, já responde por essa infração em ação movida pela Procuradoria da República no Rio de Janeiro.

Caso seja condenado, Eike Batista pode ser obrigado a cumprir de quatro a 14 anos de prisão. A pena de reclusão dos demais denunciados pode chegar a 22 anos.

A denúncia afirma que o grupo prometeu a realização de negócios bilionários em operações de extração de petróleo nas bacias de Campos e Santos. A projeção foi baseada em dados falsos sobre a capacidade de exploração das reservas, o que levou à queda do valor das ações da companhia e causou graves prejuízos àqueles que haviam adquirido os papéis.