Economia

Após recessão, prévia do PIB sobe 1,5%, melhor número em 6 anos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Após recessão, prévia do PIB sobe 1,5%, melhor número em 6 anos
fonte: Foto: Divulgação
Após recessão, prévia do PIB sobe 1,5%, melhor número em 6 anos

Depois de ter registrado dois trimestres seguidos em queda, o que constitui uma recessão técnica, a economia brasileira pode estar se recuperando.

continua após publicidade

O IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), considerado como uma prévia do PIB (Produto Interno Bruto) oficial, registrou alta de 1,5% em julho na comparação com junho.

Este foi o melhor resultado mensal desde junho de 2008, quando a expansão tinha sido de 3,32%. A alta também veio melhor que o esperado por analistas consultados pela Reuters, que apontavam resultado positivo de 0,8%.

continua após publicidade

Na comparação com julho do ano passado, o índice perdeu 0,31%. No acumulado do ano, a economia está praticamente estável, com leve alta de 0,07%.

O BC revisou o dado de junho para queda de 1,51%, ao invés do 1,48% divulgado anteriormente.

O IBC-Br incorpora estimativas para a produção nos três setores básicos da economia: serviços, indústria e agropecuária.

continua após publicidade

Ele é considerado por analistas como uma "prévia mensal" do resultado oficial do PIB, que é divulgado a cada três meses pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O dado oficial do IBGE foi divulgado no final de agosto, e apontou que a economia brasileira tinha recuado 0,6% no segundo trimestre. O dado do primeiro trimestre foi revisado, de uma alta de 0,2% para queda de 0,6%.

Com dois trimestres seguidos de resultado negativo, considera-se tecnicamente que o país está em recessão. Isso não acontecia desde a crise financeira global de 2008 e 2009.

Confira matéria completa AQUI