Economia

IBGE: maior parte das famílias gasta mais do que ganha

Da Redação ·

A maior parte das famílias brasileiras gasta mais do que ganha. Nada menos que 68,4% das famílias do País têm, em média, uma despesa mensal superior ao rendimento, segundo revela a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) 2008 e 2009. O levantamento mostra, porém, uma evolução no equilíbrio orçamentário familiar, já que, na pesquisa anterior, de 2003, 85% das famílias estavam com gastos desequilibrados.

continua após publicidade

Na camada mais baixa de renda da pesquisa, para rendimentos mensais de até R$ 830, as despesas médias mensais, no ano passado, totalizavam R$ 744,98, enquanto o rendimento médio era de R$ 544,21. A coordenadora de trabalho e rendimento do IBGE, Márcia Quintslr, disse que, ainda que o desequilíbrio nas contas familiares seja significativo, a redução do desequilibro em sete anos também é destaque. "É um período de aumento real do rendimento e da ocupação, então o maior equilíbrio no orçamento é resultado desses fatores", disse.

continua após publicidade

Como resultado desse aperto nas contas familiares, 75,2% das famílias entrevistadas revelaram que têm dificuldade para esticar a renda até o fim do mês. O resultado também é inferior à POF anterior (85,5%). Por outro lado, as famílias com "muita facilidade" para fechar o mês não ultrapassam 1% do total.