Economia

Exportações crescem 14,7% em Apucarana

Da Redação ·
Setor coureiro lidera as exportações de Apucarana
fonte: Arquivo TN
Setor coureiro lidera as exportações de Apucarana

As exportações de Apucarana começam a dar sinais de recuperação. Após registrar queda de 35% em abril na comparação com março, as vendas internacionais cresceram em maio 14,7% sobre o mês anterior, atingindo US$ 5,4 milhões. Já o saldo da balança comercial foi US$ 3,3 milhões. Nos primeiros cinco meses do ano, a balança comercial da cidade apresenta um saldo de R$ 11,9 milhões. O resultado ainda está negativo se comparado com o mesmo período do ano passado, que acumulava US$ 19,7 milhões entre janeiro e maio de 2009, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Já as exportações no mesmo período do ano somaram US$ 23,6 milhões.

continua após publicidade


As comercializações internacionais de Apucarana ficaram estáveis em janeiro e fevereiro, registrando um salto de 149% em março, somando US$ 7,4 milhões em negócio. No entanto, caiu em abril para US$ 4,7 milhões.
O destaque nas exportações no ano foi do setor coureiro, que assumiu a liderança nas vendas entre janeiro e maio. As negociações do segmento alcançaram US$ 11,1 milhões no período. As exportações de milho e de seus derivados de milho aparecem como o segundo setor com maior volume em vendas, somando US$ 7,8 milhões em negociações no ano.

continua após publicidade

A farinha de milho é o principal item da pauta de exportação neste setor com US$ 2,4 milhões, participando com 10,4% das vendas totais. Grumos e sêmolas de milho contribuíram com 10,2% em participação, óleo de milho, com 7,8%, e grão de milho, 4,7%.


Já as importações em maio também sinalizaram reação com crescimento de 13% sobre o mês anterior, atingindo US$ 2,1 milhões. Nos primeiros cinco meses, as compras das empresas apucaranenses no exterior somaram US$ 11,5 milhões.