Economia

Votorantim decreta luto pela morte de Antônio Ermírio

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Votorantim decreta luto pela morte de Antônio Ermírio
fonte: Foto: Antônio Cruz/ ABR - Agencia Brasil
Votorantim decreta luto pela morte de Antônio Ermírio

A prefeitura de Votorantim, região de Sorocaba, decretou nesta segunda-feira, 25, luto oficial de três dias pela morte do empresário Antônio Ermírio de Moraes, ocorrida no domingo, 24. O prefeito Erinaldo Alves da Silva (PSDB) destacou que a cidade, de 108.872 habitantes, é o berço do grupo Votorantim e sempre recebeu apoio da família Ermírio de Moraes, especialmente de Antônio Ermírio. "Homem de cultura extraordinária, de conduta reta e preocupado com a sociedade", escreveu o prefeito, que se dirigiu a São Paulo para acompanhar o velório.

A prefeitura de Alumínio, na mesma região, também decretou três dias de luto oficial. A cidade de 16.845 habitantes se desenvolveu em função da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), uma das empresas do grupo, fundada em 1941. A indústria de alumínio ainda é a principal geradora de empregos no município.

Hidrelétrica

O ex-prefeito de Apiaí, Nilton Passoca de Toledo e Silva, lamentou que o empresário não tenha conseguido realizar em vida um de seus mais desejados projetos: a construção da hidrelétrica de Tijuco Alto, no Rio Ribeira de Iguape, na divisa de São Paulo com o Paraná. Quando prefeito da cidade, na década de 1990, Silva liderou mobilização de prefeitos em defesa da hidrelétrica que, segundo ele, seria a redenção de uma das regiões mais pobres do Estado. O grupo obteve a concessão para a usina em 1988, investiu R$ 50 milhões na compra das terras e em outras fases do projeto, mas o licenciamento ambiental continua emperrado até hoje.

continua após publicidade