Economia

Após alta da manhã, dólar cai com realização de lucros

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Após alta da manhã, dólar cai com realização de lucros
fonte: Foto: Carlos Severo/ Fotos Públicas
Após alta da manhã, dólar cai com realização de lucros

O dólar fechou a sessão desta quinta-feira, 3, em queda, pressionado por um movimento de realização de lucros, após devolver o ganhos registrados durante a manhã com indicadores econômicos acima do esperado nos EUA. No fim da negociação no balcão, o dólar registrou queda de 0,54%, para R$ 2,2120. O giro total somava R$ 1,15 bilhão perto das 16h30, sendo US$ 1,023 bilhão em D+2. No mercado futuro, o dólar para agosto caía 0,58%, a R$ 2,2295.

Na primeira parte da sessão, o dólar subiu ante o real e bateu máximas, após a divulgação do relatório do mercado de trabalho dos EUA. A economia dos EUA criou 288 mil empregos em junho, segundo o Departamento do Trabalho. O resultado superou as projeções de 215 mil novas vagas. Os dados de criação de postos de trabalho de maio e abril foram revisados para cima. Em maio, foram criados 224 mil empregos, ante a estimativa original de 217 mil. A taxa de desemprego nos EUA caiu para 6,1% em junho ante maio, também superando a expectativa de 6,3%.

Contudo, o dólar devolveu os ganhos mais tarde, depois de a moeda superar o nível de R$ 2,26 no mercado futuro. Os investidores que estavam comprados (apostando na alta da moeda) começaram a desmontar posições para realizar lucros, antes do feriado do Dia da Independência, amanhã, nos EUA, quando os mercados estarão fechados. Na sexta-feira, os mercados financeiros no Brasil também fecham mais cedo devido ao jogo da seleção brasileira contra a Colômbia pela Copa do Mundo.

No exterior, o dólar subiu ante o euro, após a moeda europeia ser pressionada pela fala do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, favorável a juros baixos na zona do euro. Perto das 16h30, o euro era negociado a US$ 1,3608, de US$ 1,3656 ontem.

continua após publicidade