Economia

BNDES renova apoio a setor de açúcar e álcool com R$ 5 bi em 2014

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia BNDES renova apoio a setor de açúcar e álcool com R$ 5 bi em 2014
fonte: Foto: Arquivo
BNDES renova apoio a setor de açúcar e álcool com R$ 5 bi em 2014

RIO DE JANEIRO, RJ - O BNDES reeditou e turbinou a linha de credito de apoio à renovação e ampliação canaviais e de financiamento e estocagem de etanol para o ano de 2014. Foram alocados R$ 5 bilhões.

continua após publicidade

Lançado em 2012, o orçamento do programa era de R$ 3 bilhões. Em 2013, passou para R$ 4 bilhões. Seu principal objetivo é "contribuir para o aumento da produtividade agrícola e menor flutuação dos preços do etanol ao longo da safra", segundo o banco.

Na verdade, a linha de financiamento é uma forma de aumentar a produção de etanol e manter seus preços estáveis. Desse modo, ajuda a Petrobras importar menos gasolina --seu maior dispêndio e um dos motivos de seus fracos resultados financeiros nos últimos anos. Com preços mais estáveis, evita-se a migração intensa dos consumidores entre gasolina e álcool e dá maior previsibilidade à Petrobras.

continua após publicidade

O BNDES limita o financiamento a R$ 150.000.000 por grupo econômico. O incentivo no aumento dos canaviais e na renovação deles visa melhorar a produtividade da lavoura e, assim, ampliar a produção de etanol.

Em 2013, porém, só foram usados R$ 2,6 bilhões da dotação de R$ 4 bilhões do banco. Nesse ano, os BNDES mudou as taxas de juros --ainda abaixo das de mercado-- e fixou taxas menores para micro, pequenas e médias empresas.