Economia

Economistas veem moderação na concessão de crédito, diz Febraban

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Economistas veem moderação na concessão de crédito, diz Febraban
fonte: Foto: Arquivo
Economistas veem moderação na concessão de crédito, diz Febraban

SÃO PAULO, SP - A previsão da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) para o crescimento do crédito em 2014 e 2015 recuou em junho, na comparação com dados de abril.

continua após publicidade

Neste mês, pesquisa da entidade mostrou que a estimativa de alta do crédito era de 12,4% neste ano e em 2015, contra 13,1% e 12,7% de abril.

A Pesquisa Febraban de Projeções Macroeconômicas e Expectativas de Mercado ouviu 28 economistas de bancos de 6 a 10 de junho.

continua após publicidade

Segundo a entidade, 81% dos consultados acreditam que haverá moderações nas concessões privadas e públicas de crédito.

Entre o crédito com recursos livres e o direcionado, os analistas esperam um recuo no ritmo de crescimento do segundo tipo (que inclui as operações rurais, os empréstimos imobiliários e os créditos do BNDES).

A previsão é de alta de 16,2% em 2014 e em 2015, contra 17,6% e 16,2% na pesquisa anterior, respectivamente.

continua após publicidade

O crédito com recursos livres deve crescer 10,2% em 2014 e 10,7% em 2015.

"O desempenho esperado para 2014, apesar da redução, segue melhor do que 2013 nos dois segmentos, de Pessoa Jurídica e Pessoa Física", destaca o estudo.


INADIMPLÊNCIA

continua após publicidade

A taxa de inadimplência esperada para o crédito com recursos livres em 2014 teve recuo de 4,9% na pesquisa de junho, contra 5% em abril.

Para 2015, os economistas esperam uma taxa de inadimplência também no patamar de 4,9%.

Em relação à taxa básica de juros, 75% dos consultados acreditam que a Selic será de 11% ao ano no fim de 2014, ante uma previsão de 11,25% na pesquisa anterior.