Economia

Conar pede alteração em bordão de Compadre Washington em comercial

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Conar pede alteração em bordão de Compadre Washington em comercial
fonte: Foto: arquivo
Conar pede alteração em bordão de Compadre Washington em comercial

SÃO PAULO, SP - O site de classificados Bom Negócio terá fazer alterações em um vídeo publicitário que mostra o cantor Compadre Washington usando um de seus tradicionais bordões.

continua após publicidade

O Conselho de Ética do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) considerou o termo "Vai ordinária", usado no quadro, desrespeitoso com o público feminino e recomendou a alteração da peça.

Cerca de 50 consumidores, na maioria mulheres, recorreram ao órgão para reclamar do vídeo. Nele, o cantor é parte de um objeto vendido no site e usa diversos bordões que se popularizaram quando Washington integrava o grupo "É o Tchan", 20 anos atrás.

continua após publicidade

A queixa se refere à última frase usada no vídeo. O cantor lança o bordão "Vai ordinária" para uma mulher que está entrando na piscina. É interrompido antes de terminar a frase.

A empresa ainda pode recorrer da decisão, mas deve cumprir a alteração até o julgamento do recurso.

Os conselheiros que avaliaram o caso entenderam não haver necessidade de se retirar a peça do ar. Para eles, a alteração da frase já é suficiente para corrigir a falha. Não há um prazo oficial para a mudança.

Procurada, a Bom Negócio informou não ter sido notificada ainda da decisão.