Economia

Emprego no setor desacelera e cai a projeção de crescimento

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Emprego no setor desacelera e cai a projeção de crescimento
fonte: Foto: Arquivo
Emprego no setor desacelera e cai a projeção de crescimento

SÃO PAULO, SP - O desaquecimento no setor de construção civil já causa reflexos no nível de emprego do setor, que agora revê a expectativa de crescimento para 2014. Segundo pesquisa do SindusCon-SP (sindicato da construção) e da FGV (Fundação Getulio Vargas), o emprego cresceu 0,14% no mês de abril em relação a março.

continua após publicidade

Com o resultado, ao final de abril o número de trabalhadores do setor somava 3,523 milhões. Em abril, foram abertas cerca de 5.000 vagas.Segundo o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, a baixa evolução do emprego na construção em março e em abril provocou uma revisão das expectativas da entidade em relação ao desempenho do setor neste ano. "Anteriormente, estimávamos que o PIB da construção iria crescer cerca de 2,8% em 2014. Diante do ritmo menor de aumento do emprego, estimamos agora que o PIB da construção deverá crescer entre 1% e 2% neste ano", afirmou em nota.

REGIÕES

continua após publicidade

Das cinco regiões do país, apenas o Nordeste apresentou números negativos no número de vagas, com queda de 0,52% na variação ante março. O Sudeste apresentou a menor alta -de apenas 0,03%, com a criação de 443 vagas. Norte teve elevação de 0,74%. Já o Sul (0,83%) e o Centro-Oeste (0,95%) apresentaram as maiores evoluções percentuais.